Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Saúde e meio ambiente dominam coletiva concedida pelo prefeito

coletiva_siteEm entrevista coletiva concedida à imprensa na manhã desta quinta-feira, o prefeito anunciou três novidades nos setores de saúde e meio ambiente: A chegada de mais uma médica cubana para trabalhar no município,  a queda acentuada na infestação da dengue e o início da coleta seletiva de lixo, marcada para começar em outubro próximo.

Para o anúncio aos órgãos de imprensa, o prefeito reuniu os secretários de Saúde,  Obras e o vice-prefeito que responde pelas pastas de Agricultura e Meio Ambiente, entre outros representantes da saúde e do meio ambiente.

A médica cubana, Leidiana Castilho Montero, mostrou-se simpática e “preparada para ajudar o povo veneciano”, disse, num português carregado de sotaque espanhol, afirmando que teve aulas de língua portuguesa para poder facilitar o atendimento. Ela agora aguarda  a emissão do registro pelo Ministério da Saúde, para poder começar a trabalhar na unidade Ângelo Piassaroli.  Com a nova contratada, Nova Venécia agora conta com 11 profissionais no Programa Maia Médicos, sendo 8 cubanos e 3 brasileiros.

Ainda sobre saúde, o prefeito enalteceu a drástica diminuição nos casos registrados de dengue em Nova Venécia. De acordo com o relatório que acaba de ser divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, de janeiro a agosto deste ano foram confirmados 64 casos. No ano passado, nesse mesmo período, 498 pessoas foram vítimas da doença. Só para efeito de comparação, em 2009, Nova Venécia viveu uma verdadeira epidemia, época em que foram confirmados 3.075 casos.

“Dedico essa vitória da sociedade veneciana a todos os servidores da saúde, especialmente aos agentes de saúde que realizaram uma verdadeira força tarefa em todo o município, em cima de um planejamento que está dando resultado”, comemora.

Por fim,  o prefeito  confirmou para a segunda quinzena de outubro, o início da coleta seletiva de lixo no centro da cidade, que vai funcionar em dois sistemas: O primeiro, de forma voluntária, onde a pessoa vai até um ponto de entrega e deposita o seu lixo No  outro, o ‘Porta a Porta’, caso em que o lixo seco e úmido são embalados separadamente e colocados na porta das residências para a coleta diferenciada.

“Herdamos um verdadeiro lixão a céu aberto e com muito esforço estamos conseguindo atender todas as exigências legais. Nossa administração tem como principal compromisso ambiental a recuperação do lixão e a implantação da coleta seletiva de forma gradativa em todo o município. Contamos com a colaboração da população nessa empreitada ecológica”, pontuou o prefeito.

medica_cubana

A médica cubana foi apresentada na manhã desta quinta-feira, 25