Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Sinal verde para conclusão de asfalto e construção de pontes em Nova Venécia

Entre as obras anunciada pelo Governo estão o asfalto que liga Nova Venécia ao Patrimônio da Penha e pontes na estrada de Guararema

Nova Venécia está entre os 30 municípios do interior do Estado e da Região Metropolitana que vão receber obras de infraestrutura rodoviária, neste ano. O conjunto de intervenções soma um investimento de mais de R$ 290 milhões para a construção e recuperação de vias e pontes, atendendo a antigas reivindicações da população capixaba. Os detalhes foram divulgados pelo governador Paulo Hartung e pelo diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), Enio Bergoli, durante entrevista coletiva na tarde da última quinta-feira (16), em Vitória.

Uma das obras a serem retomadas é o asfaltamento na rodovia que liga a sede de Nova Venécia ao Patrimônio da Penha (Perdido), com 11,34 km de extensão. As outras obras são construções de pontes na entrada da ES 137 e na entrada da ES 080 (rodovia que liga Nova Venécia ao distrito de Guararema).

“São obras estruturantes que vão contribuir para o escoamento da produção agrícola, a melhoria da competitividade da produção nas regiões onde serão realizadas e que contemplam um importante benefício social, uma vez que as vias pavimentadas e sinalizadas ajudam na locomoção e na aproximação das pessoas. É mais qualidade de vida e mais desenvolvimento", destaca o diretor-geral do DER-ES, Enio Bergoli.

O prefeito em exercício de Nova Venécia, Adelson Salvador, comemorou o anúncio feito pelo governo. “Uma ótima notícia para os nossos produtores rurais que estão sofrendo tanto com a seca. As estradas ligam a dois importantes distritos de Nova Venécia que são Guararema e Patrimônio do XV. Essas obras vão facilitar o escoamento de produtos e gerar qualidade de vida ao homem do campo nessas duas vias de grande movimentação”, ressalta.

Outras localidades

Do total de obras, 24 são de implantação de novas vias, que serão asfaltadas e receberão moderna sinalização horizontal e vertical; cinco de recuperação funcional, que compreende a recuperação asfáltica e modernização da sinalização; e 14 pontes, que serão implantadas e recuperadas essencialmente com recursos de operação de crédito junto Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES).

A realização dessas obras será possível graças ao ajuste de contas realizado pelo Governo e a revisão de projetos que estavam suspensos de 2014, bem como de obras paralisadas em 2015 para revisão dos contratos, buscando a otimização da aplicação de recursos e a melhoria de respostas aos usuários. Os investimentos englobam 12 obras que já estão em andamento e 26 que serão iniciadas ou reiniciadas. E até o final do ano 10 obras serão licitadas.

As intervenções vão gerar, já ao longo deste ano, um total aproximado de 900 empregos diretos no Espírito Santo, com a orientação de contratar mão de obra local, seguindo a premissa de estimular a economia nas regiões onde as obras do governo serão realizadas.