Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Associação de Materiais Recicláveis de Nova Venécia recebe equipamentos

Associação de Materiais Recicláveis de Nova Venécia recebe equipamentos
 
A Prefeitura de Nova Venécia, em parceria com a ADERES e Governo do Estado, entregou na manhã desta quinta-feira (1), uma prensa, carrinho e balança de reciclagem para a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis e Recicladores de Nova Venécia (ACAMARER), durante solenidade realizada no Centro de Triagem de Lixo. O recurso investido nos equipamentos gira em torno de R$ 60 mil.
O evento contou com a participação do prefeito Lubiana Barrigueira, o vice, Adelson Salvador, vereador Biel da Farmácia, presidente da ADERES, Edilson Rodes, secretário de obras do município, Sebastião de Sá, representantes da ACAMARER, entre outras autoridades.
 
A parceria junto ao município reforça o compromisso da prefeitura em dar qualidade de vida aos trabalhadores que atuam desde a coleta seletiva na cidade até a reciclagem na usina. “Sabemos que o gestor público tem que dar atenção às causas ambientais e incentivar a conscientização das pessoas em separar os materiais recicláveis e colaborar com o trabalho dos catadores aqui na associação. É um dever de todos fazer ações necessárias para dar um direcionamento correto para o lixo produzido”, disse o chefe do executivo veneciano, Lubiana Barrigueira.
 
Para o vice-prefeito, Adelson Salvador, a preocupação com as práticas de sustentabilidade deve ter prioridade no município. “É fundamental a organização da coleta seletiva do lixo e da ACAMARER, pois o lixo é um dos maiores problemas que o poder público tem em todo planeta. Os lixões funcionam como vetores de doenças e mau cheiro. Creio que esses equipamentos vão agregar de renda para os associados e o trabalho adotado por eles na comercialização dos recicláveis”, disse.
 
A iniciativa vai facilitar a vida dos catadores da associação veneciana, que atualmente conta com 16 associados, principalmente na prensagem de plástico e papel. Cerca de 20 fardos de materiais recicláveis são prensados por dia no local. “Esses equipamentos vão gerar mais renda e otimizar a nossa mão de obra. Conseguiremos aumentar o faturamento dos membros da ACAMARER em muito menos tempo”, explica a presidente da associação, Joanita Santana.
 
A ADERES pretende adequar os municípios capixabas em relação aos lixões. Até o momento, 73 municípios obtiveram benefícios. “Nós estamos trabalhando desde 2015 com o compromisso de organizar todos os 78 municípios capixabas para que, até o final de 2018, todas as associações estejam amparadas com equipamentos para trabalhar”, explica o presidente Edilson Rodes.
 
O Centro de Triagem
 
A reorganização do Centro de Triagem de Nova Venécia no ano de 2015, criou melhores condições de trabalho e renda aos catadores de materiais recicláveis.
O lixo seco coletado na cidade é encaminhado ao Centro para a classificação e enfardamento. Já os rejeitos, têm como destino o aterro sanitário.
 
A ACAMARER
 
A ACAMARER foi fundada em julho de 2014 e conta atualmente com 16 associados. Por dia, a associação separa entre nove e dez toneladas de materiais recicláveis na usina de triagem e compostagem do município.
A coleta seletiva em Nova Venécia começou em março de 2015. O trabalho de seleção dos materiais recicláveis é realizado no Centro de Triagem de Resíduos Sólidos, que foi reformado em fevereiro de 2015.