Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Campo de futebol do bairro Dom José Dalvit recebe retoques finais

Campo de futebol do bairro Dom José Dalvit recebe retoques finais
 
Dentro de poucos dias, moradores dos bairros Dom José Dalvit e Altoé poderão desfrutar do campo de futebol que já está novinho em folha.
 
A Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, já concluiu os serviços de preparação, terraplanagem e plantação do gramado em toda a área do campo, com dimensões de 75 x 110 metros. O município ainda mantém uma pessoa que está cuidando do gramado para o tão esperado dia da primeira partida.
 
Com um custo de R$ 194 mil, o campo também ganhou alambrado e outras comodidades para melhor acomodar praticantes de futebol e torcida. Agora só falta a instalação das duas traves para a bola começar a rolar de verdade. A iniciativa contou com a parceria do Governo do Estado.
 
O aposentado Jair Gonçalves da Silva, morador do Dom José Dalvit há 16 anos, aguarda ansioso por esse momento. “É uma obra importante que vai melhorar muito as coisas por aqui e para os moradores dos outros bairros. O futebol traz alegria para nós”, disse.
 
Outro morador do local que não vê a hora da bola rolar é Juvenal Rodrigues da Silva. “Ficou muito bacana o novo campo. Agora praticamente só falta liberar para nós batermos uma bolinha. Antes era um campo de terra e os moradores já utilizavam aquele espaço, imagina agora que está um tapete”.
 
A iniciativa mostra que o prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira, continua priorizando investimentos em todos os cantos do município. “Esse campo vai trazer de volta o lazer e a alegria dos moradores, principalmente nos finais de semana. Quero lembrar que aqui nesses bairros estão acontecendo calçamento de rua, temos a quadra coberta do Complexo Educacional que está quase pronta, a Unidade de Saúde no bairro Altoé e outras ações menores que acontecem a todo tempo. O mesmo acontece em outros bairros e concordâncias. Nossa ideia é levar infraestrutura e qualidade de vida a toda população que mora nessas comunidades que muitas vezes carecem de algumas coisas”, finaliza Barrigueira.
 
Na obra do campo, foram utilizadas 800 caçambas de terra. Além disso, foi feito todo o sistema de irrigação e instalada uma caixa d’agua com capacidade de 10 mil litros.