Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Nova Venécia vai declarar situação de emergência por causa das chuvas

Nova Venécia vai declarar situação de emergência por causa das chuvas

Defesa Civil aponta prejuízo de mais de R$ 1 milhão. 38 famílias ficaram desalojadas e 9 desabrigadas

A intensa chuva que atingiu o município de Nova Venécia, na tarde da última terça-feira (5), deixou a cidade arrasada. Muitas pessoas perderam tudo. O último levantamento da Secretaria Municipal de Ação Social é de que 38 famílias ficaram desalojadas e 9 desabrigadas. Muitas já retornaram para suas casas e outras ainda permanecem em abrigos ou na casa de parentes e amigos.

Com um levantamento mais detalhado sobre os danos causados no município, a Defesa Civil vai apresentar, ainda nesta sexta-feira (8), o documento ao prefeito Lubiana Barrigueira para que seja feito o decreto de emergência. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Alderiones Leite, os estragos são grandes e a cada dia são encontradas novas situações de risco. “Agora mesmo estamos indo com a equipe analisar mais quatro casas que apresentam riscos de cair. Se realmente for confirmado, a Secretaria de Ação Social faz a retirada das famílias e levam para um abrigo. A Defesa Civil já está com o levantamento documentado com fotos e números dos danos causados pela chuva. O prejuízo é enorme no município, passando de R$ 1 milhão”, afirma Leite.

“Com o reconhecimento de situação de emergência, temos possibilidade de captar recursos junto aos governos estadual e federal para minimizar os graves problemas ocasionados”, explicou o prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira.

Na última terça-feira, foram registrados 156 milímetros de chuva no intervalo de seis horas. Para se ter ideia, a média normal esperada para o mês de dezembro é de 200 milímetros. Ruas ficaram esburacadas e blocos, paralelepípedos e meios-fios foram levados pela força da correnteza. A Avenida Guanabara foi um dos locais mais arrasados. Os bairros Aeroporto, Iolanda, Rúbia e Margareth também ficaram bastante destruídos.

Recuperação

A Prefeitura tem concentrado a maior parte de sua estrutura para recuperar o município e reabilitar as famílias venecianas. A Secretaria de Obras tem trabalhado lavando residências com carro pipa, recuperando ruas e eliminando pontos que ainda estão alagados. Já a Secretaria de Agricultura tem concentrado as máquinas pelo interior na recuperação de estradas e barragens. Na região do Córrego Refrigério, seis represas estouraram e a estrada permanece interditada, na altura da comunidade de Nossa Senhora da Saúde.

Doações

A campanha continua. Muitas famílias perderam tudo e precisam de doações. Muitos voluntários, juntamente com entidades venecianas, estão se mobilizando doando utensílios. Agora, a Secretaria de Ação Social desenvolve uma campanha para arrecadar principalmente alimentos, materiais de limpeza, móveis e eletrodomésticos. As doações devem ser encaminhadas ao Centro de Convivência do Idoso (CCI), situado na Rua Santa Tereza, bairro Beira Rio, próximo ao hospital São Marcos.