Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Vigas de concreto substituem ponte de madeira no Córrego dos Grillos

Na manhã desta terça-feira (20), a comunidade dos Grillos recebeu a primeira, das três pontes de concreto, que irão substituir pontes de madeira no interior de Nova Venécia. A nova estrutura conta com três vigas de concreto e substitui a antiga que vinha causando transtornos aos moradores da localidade e visitantes. “Antes, a ponte de madeira trazia muita dificuldade, principalmente durante as chuvas. Era preciso fazer consertos constantemente. Agora, com essa estrutura, vai melhorar muito”, afirmou o produtor rural e morador do local, Dione Grillo.

A ação é o início do cumprimento de um contrato firmado entre Prefeitura de Nova Venécia e Governo do Estado, que prevê a instalação das pontes no Córrego dos Grillos, Córrego da Pedra e Córrego da Barra.

O acordo prevê que a Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) fica responsável por fornecer e instalar as vigas, enquanto o município constrói as cabeceiras. O investimento é de R$ 196 mil.

Segundo outro morador do local, o produtor Paulo Antonio Gobbi, a via onde a ponte foi instalada recebe grande tráfego diariamente e é utilizada para o escoamento da produção local. “São 24 horas passando pessoas, motociclistas, carro pequeno, ônibus escolares, caminhões de mercadorias e carga de café por aqui. Essa ponte vai facilitar o transporte para podermos trabalhar e deslocar com mais tranquilidade”, disse.

Em passagem recente por Nova Venécia, o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, falou sobre o investimento. “Ainda temos muitas pontes nas regiões rurais que são de madeira ou que com a utilização, ao longo dos anos, precisaram ser inutilizadas. As pontes que estamos instalando em diversos municípios são de concreto, com alargamento maior, o que garante mais segurança para o fluxo das pessoas e para o escoamento da produção rural”, citou na ocasião.

O prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira (PSB), afirmou que o investimento traz conforto para os moradores, além de fomentar o turismo local. “O produtor local e os visitantes ganham com a qualidade das estradas, o que resulta também em segurança para o escoamento da produção agrícola. Essas ações chegam para fortalecer o nosso Projeto Campo Vivo de fortalecimento do turismo regional”, conclui Barrigueira.

A ponte tem 9 metros de extensão e cada viga tem 1,2 metro de largura. Já as outras pontes que serão construídas sobre o Córrego da Pedra e Córrego da Barra, terão 5 e 12 metros de extensão, respectivamente.