Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Sebrae e Secretaria de Cultura e Turismo realizam palestra para artesãos

Sebrae e Secretaria de Cultura e Turismo realizam palestra para artesãos

A Secretaria de Cultura e Turismo de Nova Venécia e o Sebrae realizaram, na manhã desta quarta-feira (18), palestra para cerca de 40 artesãos com o tema “O Designer no Artesanato”. A ação, que aconteceu no Centro Cultural Casarão, faz parte do projeto “Brasil Original. A palestra atraiu cerca de 40 participantes de Nova Venécia e cidades vizinhas. O objetivo é buscar o aperfeiçoamento e profissionalizar ainda mais os artesãos, cada um com o seu trabalho específico.

A consultora do Sebrae, Christine Reuter, foi a responsável pelo curso. Na ocasião, ela destacou como o artesanato trabalhado com um designer inovador pode fazer a diferença. “Queremos sensibilizar os artesãos a aceitar intervenções e orientações que possam melhorar o trabalho, não só na parte artística, como também na parte de comercialização e gestão do negócio, agregando valor ao produto”, afirmou.

O secretário de Cultura e Turismo, Anderson Sabino, destacou a importância de apoiar a categoria. “A gente espera que a proposta de qualificar e valorizar o artesão em nova Venécia possa aumentar a visão do empreendedorismo na criação do produto. Queremos fazer com que o artesanato seja mais uma potencialidade a ser explorada dentro do Projeto Campo Vivo de fortalecimento do turismo de Nova Venécia e região”, disse o secretário.

A artesã Eleonora Pereira, que trabalha com fibras naturais, é moradora do patrimônio do Poção, em Nova Venécia. Ela se sente valorizada com iniciativas como esta. “Quero agradecer a todos pelo apoio dado a nós, artesãos, e peço que quem tenha talento aproveite, estude para melhorar suas técnicas como eu fiz, e estou fazendo, para podermos valorizar ainda mais nosso trabalho que é nossa paixão. As pessoas precisam aproveitar oportunidades como esta”, destacou.

Outra artesã que aprovou a iniciativa é Maria Alice Capucho Gobbi, que trabalha com o projeto Cores da Terra. “O artesanato é importante na minha vida. Me proporciona felicidade e até aumentou a minha renda familiar. Portanto, uma capacitação como essa ajuda todos nós artesãos, fortalecendo nossa atuação no município e no estado, ajudando a disseminar ainda mais a nossa arte”, finalizou a artesã.

Oficinas previstas

Dando continuidade ao projeto, serão realizadas seis oficinas voltadas para técnicas de produção e de gestão de negócios. Nas oportunidades serão trabalhados os seguintes temas: Design, Criatividade, Identidade, Processos, Embalagem, Gestão, Formação de Preços e Comercialização.

As oficinas são gratuitas. O interessado deve procurar a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. Dúvidas podem ser tiradas pelo telefone: (27) 3752 6995. O curso está sendo realizado no Centro Cultural Casarão.