Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Representantes do Bandes anunciam mutirão para renegociação de dívidas de produtores

Representantes do Bandes anunciam mutirão para renegociação de dívidas de produtores

Mobilização acontece em Nova Venécia nos dias 21, 22 e 23 de agosto, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Durante reunião realizada na última quinta-feira (12), na sala de reuniões da Prefeitura de Nova Venécia, representantes do Bandes falaram sobre renegociação de dívidas dos produtores rurais. Na ocasião, estiveram presentes o prefeito Lubiana Barrigueira, os secretários de Planejamento, Edson Marquiori, e de Indústria e Comércio, Rômulo Baía, representantes do Incaper, Secretaria de Agricultura de Vila Pavão, representantes do município de Boa Esperança, cooperativas Veneza e Cooabriel, Sindicato Patronal Rural e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Venécia e Vila Pavão.

O Bandes é a primeira instituição financeira a anunciar um mutirão para realizar a renegociação de dívidas. No município de Vila Pavão a ação acontece nos dias 16 e 17 de agosto. Em Nova Venécia acontece nos dias 22, 23 e 24 de agosto, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Venécia e Vila Pavão. “O Bandes irá fazer um atendimento junto a cada produtor, verificado o contrato e a parcela para renegociação da prestação vencida. O acordo será válido para todos os contratos junto ao Bandes, tanto na área urbana, quanto rural”, disse o coordenador de Finanças da instituição, Leonardo Correia.

Anteriormente, no mês de junho, já havia sido discutido junto a várias instituições financeiras a renegociação de dívidas, propostas e taxas. Cada produtor, que possui contrato com qualquer agência bancária, deve procurar a mesma para negociar os débitos.

É preciso esclarecer que as operações de renegociação do Bandes não se limita apenas às datas do mutirão. Cada produtor pode, a qualquer momento, procurar a agência para regularização de débitos. Qualquer dúvida, o produtor também pode buscar orientações nos sindicatos e consultores de financiamento rural.

De acordo com o secretário e Planejamento de Nova Venécia, o produtor precisa se atentar para as exigências dos bancos para chegar a um acordo. “Nós vamos ajudar os agricultores intermediando junto aos bancos o que pode ser feito com as parcelas vencidas, tendo em vista que os produtores são pessoas honestas e trabalhadoras e estão preocupados com as dívidas. Muitos estão encontrando dificuldades. A crise hídrica trouxe uma série de prejuízos e a produção foi insuficiente para pagar as contas, então vamos buscar soluções para que o produtor não fique inadimplente”, finalizou Edson Marquiori.