Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Cesan apresenta andamento da obra do sistema de coleta e tratamento de esgoto de Nova Venécia

Em fase experimental, Estação de Tratamento já está recebendo pequena quantidade de esgoto

Representantes da Companhia Espirito Santense de Saneamento (Cesan), se reuniram na tarde desta terça-feira (07) para falar do andamento das obras e obrigações dos moradores em relação ao sistema de esgotamento sanitário de Nova Venécia. O encontro aconteceu no auditório da Superintendência Regional de Educação (Sedu) de Nova Venécia e contou com a presença de secretários municipais, vereadores, Ministério Público, membros de entidades ligadas ao assunto, entre outras autoridades.

O gestor do Polo da Cesan em Nova Venécia, Hebber Ziviani, fez uma explanação sobre o funcionamento do sistema e como o projeto será tocado depois de pronto. “A obra está bem avançada. As duas primeiras etapas já foram praticamente concluídas. As tubulações e elevatórias já foram feitas. Agora falta interligar o lado do bairro Beira Rio ao lado do Centro para que possamos bombear os efluentes para a estação de tratamento. Por enquanto a nossa estação está funcionando em fase experimental, recebendo uma pequena quantidade de esgoto, mas já é possível ver nitidamente o resultado positivo. Quem passa pelo Córrego da Serra, ali próximo à Câmara Municipal, já percebe que a água está com uma coloração bem mais límpida. Já são os primeiros resultados”, assegurou Ziviani, ao dizer que o projeto segue a passos largos.

Após concluído, o sistema fará com que 6 milhões de litros de esgoto deixem de ser lançados diariamente sem tratamento na natureza, contribuindo com a saúde preventiva da população e a preservação dos recursos hídricos.

As obras envolvem a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, capaz de tratar 60,85 litros por segundo e a construção de quatro elevatórias de esgoto bruto, além das tubulações instaladas.

Etapas

As duas primeiras etapas do projeto, que já estão praticamente concluídas, compreende cobertura em cerca de 75% da cidade. Na primeira etapa foram investidos R$ 30 milhões e na segunda, R$ 10 milhões.

O município agora entra na terceira etapa do projeto, interligando os bairros São Cristóvão, Alvorada, Bela Vista e Córrego da Serra à rede. O investimento previsto é de mais R$ 9 milhões.

Com a iniciativa, o município passa a ter 90% de todo o seu esgoto inserido no Sistema de Esgotamento Sanitário, desenvolvido junto à Cesan.

O prefeito Lubiana Barrigueira falou da importância do projeto para Nova Venécia. “A questão ambiental é atualmente um dos assuntos mais debatidos em nível mundial. Em Nova Venécia, estamos preocupados com a despoluição do nosso principal corpo hídrico que é o rio Cricaré. Agora, com essa ampliação, vai faltar apenas o bairro Aeroporto para atender 100% do município. Estamos caminhando bem nesse sentido. Já temos o projeto pronto de levar a rede de esgoto também para lá e estamos viabilizando por meio de acordos junto aos governos estadual e federal. Se Deus quiser, vamos ser o primeiro município do Espírito Santo a ter seu esgoto 100% tratado”, almeja Barrigueira.