Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Prefeitura efetua pagamento referente ao primeiro mês do Vale Feira

Prefeitura efetua pagamento referente ao primeiro mês do Vale Feira

Produtores aprovam iniciativa e mostram que aumento nas vendas refletiu na produção no meio rural

Os agricultores familiares de Nova Venécia, credenciados junto à Secretaria Municipal de Agricultura e que comercializam seus produtos nas feiras livres do município, receberam o primeiro pagamento referente ao Vale Feira desde a criação do benefício, no mês passado.

Os produtores que se cadastraram estão satisfeitos diante do aumento considerável nas vendas e consequentemente na produção. Muitos venderam, se não tudo, praticamente tudo o que levaram para as feiras.

O feirante Amâncio Rolim já comemora os primeiros resultados. “Nos incentiva a produzir. Aumentaram as vendas na feira e isso nos faz produzir mais lá na roça. Nos dá estrutura para investir e continuar trabalhando e assim dar melhor condições de sustento para a família. Agora sei que vou produzir e vender. Aprovei a iniciativa”, comemora o produtor.

Além de fortalecer o poder de compra dos servidores, a iniciativa beneficia diretamente a agricultura familiar do município. São R$ 60 mil por mês, o que equivale a R$ 720 mil por ano, para movimentar as feiras e fortalecer o agricultor local.

Juraci Quintino Francisco, outro produtor credenciado, também aprovou. “Tenho vendido praticamente tudo depois da criação do Vale Feira. Conversei com outros produtores que também melhoraram as vendas. Eu achei uma grande iniciativa por parte da administração municipal. É uma ação que traz segurança para nós no campo. Vem contribuir, e muito, com o pequeno produtor. É garantia nas vendas dos nossos produtos, porque a gente produz e tem a certeza de que vai vender. Um projeto que é pioneiro em nossa região e acredito até que será copiado por outros municípios”, afirma.

Outro beneficiado é Elizeu Falcão. Segundo ele, com o Vale Feira sua comercialização simplesmente dobrou, além de ter colaborado para a aprovação de operações financeiras junto aos bancos. “Para mim esse projeto veio para dar sustentabilidade ao produtor no campo e fortalecer a agricultura familiar. Eu dobrei as minhas vendas e com isso tive que aumentar a minha área de produção lá na roça, porque a procura está sendo grande. Agora os bancos nos enxergam com outros olhos quando precisamos realizar um financiamento para investir, já que conseguimos melhorar nossa renda. Tudo isso nos anima”, finaliza.

Até o momento, 19 produtores estão credenciados e aptos para comercializar por meio dos vales. Os carnês são distribuídos a cada mês para dois mil servidores municipais e podem ser utilizados nas feiras livres que acontecem na Cidade Alta, às sextas-feiras, e nas proximidades da Praça Adélio Lubiana, aos sábados.

A iniciativa é a concretização de mais uma proposta do Plano de Governo do prefeito Lubiana Barrigueira. “A criação do Vale Feira está registrada no nosso Plano de Governo, da última eleição. Com a efetivação dessa proposta, além de beneficiar o servidor, estamos impulsionando a agricultura familiar do município e aumentando o movimento de pessoas circulando nas feiras. É um favorecimento enorme ao homem do campo”, destacou.

O Vale Feira não perde validade. Cada barraca cadastrada tem um banner de identificação de credenciamento para facilitar aos servidores. Esta é mais uma ação do Projeto Campo Vivo.